Cursos & Eventos

Estimativa de geração de energia e emissão evitada de gás de efeito estufa na recuperação de biogás produzido em estação de tratamento de esgotos

26/08/2016 às 11:00:31

O objetivo deste trabalho foi quantificar a energia fornecida pelo biogás gerado em uma estação de tratamento de esgotos (ETE) e estimar a emissão evitada de gases de efeito estufa (GEEs) com a recuperação do biogás. A ETE analisada possui vazão 33.220,8 m3.d-1 e DQO afluente 14.617,1 kg.d-1 e atende a cerca de 190.000 habitantes.

Sistema fossa-filtro anaeróbico aplicado ao tratamento de efluentes do processamento de leite

26/08/2016 às 10:00:09

O tratamento fossa-filtro funciona por gravidade, sendo de fácil manejo e manutenção, tendo aplicações no tratamento de esgotos sanitários e despejos comerciais de altas ou baixas cargas orgânicas, sendo que esses tratamentos são normatizados, no caso da fossa pela NBR 7229/1993, e para o filtro NBR 13969/1997. De acordo com a essa primeira NBR, a fossa séptica apresenta uma grande capacidade de retenção de sólidos (80%) e redução de carga orgânica dissolvida (30%).

Água potável, água residuária e saneamento no Brasil e na Holanda no âmbito do Programa de Visitação Holandês – DVP: Dutch Visitors Programme

26/08/2016 às 09:00:16

O presente trabalho se desenvolveu a partir da participação no Programa de Visitação Holandês (em inglês, Dutch Visitors Programme — DVP), que permitiu o conhecimento da estrutura da prestação dos serviços de saneamento ambiental da Holanda e, posteriormente, possibilitou a realização de uma análise comparativa simplificada desses serviços prestados no Brasil.

Potabilização de água de chuva através de filtração lenta e desinfecção ultravioleta para abastecimento descentralizado de comunidades

25/08/2016 às 13:20:05

Para a realização da pesquisa, construiu-se uma estação de tratamento de água em escala piloto, composta por uma etapa de filtração lenta vertical e seguida de uma etapa de desinfecção ultravioleta. Os filtros foram testados sob vazões que variaram de 0,28 a 0,56m3/d e sob taxas de filtração de 4 a 8 m3/m2.d, enquanto que as doses de radiação UV variaram de 11 a 148 mW.s/cm2 no reator ultravioleta.

Impacto da incorporação de escuma em lodo de esgoto com fins agrícolas

25/08/2016 às 12:45:35

Foram desaguados separadamente em leitos de secagem na ETE Vassoural, Guarapuava, PR, 5 lotes de escuma e de lodo, produzidos em reator tipo UASB tratando esgotos domésticos. Após o desaguamento foram realizadas 3 misturas nas proporções 10, 20 e 50 % em massa de escuma em lodo.

Análise do potencial de geração de energia elétrica a partir dos resíduos do setor sucroenergético no estado de mato grosso em diferentes cenários produtivos

25/08/2016 às 12:30:42

Objetivou-se com este estudo avaliar o potencial de geração de energia a partir de dois dos resíduos produzidos pelo setor sucroenergético. O estudo foi realizado baseado nos dados produtivos de usinas do setor sucroenergético do Estado de Mato Grosso, inicialmente através da aplicação de equações elaboradas baseadas na utilização da biodigestão da vinhaça.

Proposição de mecanismo de seguro contra escassez de água e integração ao processo de outorga de uso de água

24/08/2016 às 16:08:15

Este estudo aborda a instituição de seguros contra escassez de água como ferramenta de adaptação ao risco, assim como de melhoria da gestão do recurso hídrico. A partir de projeções climáticas e a aplicação de modelos hidrológicos, aplica-se um modelo de seguros desenvolvido no Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos, que tem como produtos o prêmio ótimo para cobrir os prejuízos esperados, o coeficiente de solvência e o índice de sinistralidade, que indicam o desempenho do fundo de seguros.

Produção de hidrogênio em reator anaeróbio a partir de efluente do processamento de coco

24/08/2016 às 15:59:28

Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi aplicar o resíduo agroindustrial do processamento do coco em reator anaeróbio de leito fluidificado (RALF) para a produção biológica de hidrogênio. O reator foi operado sob aumento progressivo da taxa de carregamento orgânico (TCO), variando o tempo de detenção hidráulica (TDH).

Aproveitamento energético de biogás produzido pelo tratamento de efluentes líquidos urbanos utilizando reatores UASB: um estudo de caso para Poços de Caldas-MG

24/08/2016 às 14:50:19

No caso deste trabalho, mostra-se o potencial de aproveitamento do biogás produzido pelo tratamento de efluentes líquidos municipais, utilizando a tecnologia UASB no município de Poços de Caldas-MG, considerando-se o período de 2015-2035. A produção média de metano, o componente de interesse para processos de conversão energética, durante todo o período citado, foi calculado como sendo de 2092,6 m³/dia e a produção de energia elétrica durante essesanos alcançaria, em média 5946,7 kWh/dia.

Análise comparativa entre o processo de lodo ativado e o reator com biofilme móvel na remoção de nitrogênio de esgoto sanitário

23/08/2016 às 15:40:46

O objetivo do projeto foi identificar as condições de funcionamento do sistema MBBR, tais como relação alimento/microrganismos, idade do lodo de referência à biomassa suspensa e concentração de oxigênio a ser mantida no tanque de aeração, associadas ao desempenho do sistema na remoção de matéria orgânica e nitrogênio para subsidiar a análise da viabilidade do emprego do processo de lodo ativado convencional ou híbrido, sob a forma de reator biológico de leito móvel.

Análise comparativa das normas brasileiras e americanas para sistemas de aproveitamento de água de chuva para fins não potáveis

23/08/2016 às 14:53:53

O presente trabalho tem o objetivo de discutir a norma brasileira ABNT: NBR 15.527 (2007), que trata do aproveitamento de água de chuva, e as normas relacionadas a esta e compara-las com a diretriz americana de reúso de água publicada pela Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos. A finalidade é contribuir com o aprimoramento das normas brasileiras e facilitar a implantação dos sistemas de reúso de água.

Análise comparativa e avaliação do potencial de produção de biogás na ETE e aterro sanitário de Itajubá (MG)

23/08/2016 às 14:05:47

O presente trabalho avalia o potencial de produção de biogás na cidade de Itajubá (MG) por meio do aterro sanitário e da ETE municipal. O potencial de ambas as estruturas foi ainda comparado o que permitiu a conclusão de que o aterro possui um potencial de produção de metano per capita superior ao da ETE.