BIBLIOTECA

Aplicação de carvão ativado impregnado com íons de zinco para remoção de cistos de Giárdia

Resumo: Este trabalho teve como objetivo o estudo de filtros de carvão ativado impregnado com zinco para remoção do protozoário parasita Giardia. Para a impregnação dos íons metálicosna superfície do carvão ativado foi utilizado o método de impregnação por excesso de solvente, para a caracterização textural do material produzido foram analisados os parâmetros: área superficial específica BET, área de microporos (método t), volume e diâmetro de microporos (método HK). A caracterização estrutural foi feita através de medidas de Difração de Raios-X (DRX). Os filtros de carvão ativado impregnado com zinco foram testados com água sintética (água deionizada contaminadas com cistos deGiardia, em uma concentração na ordem de 10cistos/L). Os resultados desse trabalho mostraram que filtros de carvão ativado impregnados com zinco atingiram uma remoção de aproximadamente 100%, trazendo resultados promissores na remoção do protozoário parasita Giardia.

Introdução: Giardiae Cryptosporidiumsão protozoários patogênicos de importância mais expressiva na transmissão hídrica e apresentam distribuição mundial causando distúrbios gastrointestinais no homem e nos animais (THOMPSON, 2000; FAYER; MORGAN; UPTON, 2000; GARDNER; HILL, 2001; LUMADUE et al., 2001).Quando o tratamento da água potável é inadequado podem conter números de parasitassuficientes para causar doença. A maioria dos surtos notificados associados com estes agentes protozoários patogênicos ocorrem através da água (CARVALHO-ALMEIDA et al., 2006;. FRANCO; CORDEIRO, 1996; GONÇALVES et al., 2006).No Brasil, criptosporidiose e giardíase representam umaimportante causa de morbidade em crianças de 0 a 5 anos (CARVALHO-ALMEIDA et al., 2006;. FRANCO; CORDEIRO, 1996; GONÇALVES et al., 2006).De acordo com Mascarini e Donalísio (2006) há alta prevalência de giardíase entre crianças que são atendidas em creches no Brasil, principalmente nas localizadasem áreas de baixa renda econômica. Destaca-se a preocupação com a presença de oocistos de Cryptosporidiumspp. e cistos de Giardiaspp., devido à resistência destas estruturas ao processo de desinfecção. Ambos são passíveis de remoção por meio da filtração, mas somente à custa de um rigoroso controle desse processo (LECHEVALLIER; KWOK-KEUG, 2004).O carvão ativado é conhecido como um material poroso de elevada área superficial específica, representando um dos grupos de adsorventes mais importantes do ponto de vista industrial. Este tipo de material possui atraentes propriedades de adsorção, que têm sido utilizadas para purificação e eliminação de componentes tóxicos em fases líquidas e gasosas, além do emprego emreações de catálise. Devido à degradação progressiva do meio ambiente, é esperado que o carvão ativado passe a desempenhar um importante papel na redução de poluentes (HAYASHI et al., 2002, ISMADJI et al., 2005).Tem sido sugerido que os metais pesados podem bloquear os sistemas enzimáticos de microrganismos ou interferir com alguns metabólitos essenciais celulares de bactérias e protozoários (MORGAN; LACKEY, 1958).No presente estudo foi utilizado carvão ativado modificado com íons metálicos zincono procedimento de filtração para remoção de Giardiada água e foi comparada com o carvão ativado sem a impregnação de íons metálicos, avaliando a influência dos íons metálicos na remoção do protozoário.

Autores: Quelen Letícia Shimabuku; Flávia Sayuri Arakawa; Franciele Camacho; Leticia Nishi; Carole Silveira e Rosangela Bergamasco.

Leia o estudo completo: aplicacao-de-carvao-ativado-impregnado-com-ions-de-zinco-para-remocao-de-cistos-de-giardia-spp