O objetivo é verificar a quantidade de bactérias concentradas a mais de 200 metros da costa.
Ele é um dos convidados do Congresso Catarinense de Saneamento que começa nesta quarta-feira em Florianópolis.
Um dos órgãos que mais contribui com o meio ambiente de Sorocaba e da região, o Saae trata o esgoto produzido pela população da cidade e evita que seja lançado na natureza in natura.

Day: junho 5, 2018

O objetivo é verificar a quantidade de bactérias concentradas a mais de 200 metros da costa.
Ele é um dos convidados do Congresso Catarinense de Saneamento que começa nesta quarta-feira em Florianópolis.
Um dos órgãos que mais contribui com o meio ambiente de Sorocaba e da região, o Saae trata o esgoto produzido pela população da cidade e evita que seja lançado na natureza in natura.