NOTÍCIAS

Ucranianos estão bebendo água de esgoto para sobreviver, alerta deputada

Ucranianos estão bebendo água de esgoto –  Os ataques russos tem destruído a infraestrutura de muitas cidades da Ucrânia afetando diretamente o consumo de água e alimentos.

A deputada ucraniana Lesia Vasylenko afirmou que muitos civis ucranianos em Chernihiv estão bebendo água de esgoto para sobreviver em meio a constantes bombardeios das forças russas, que estão minando a infraestrutura de várias cidades da Ucrânia

Ucranianos estão bebendo água de esgoto

Foto: Reuters (Chernihiv, na Ucrânia)

“As pessoas estão realmente morrendo de fome sem comida e bebendo água de esgoto”, disse a parlamentar.

Com as rotas de fuga cortadas, cerca de metade dos 280 mil moradores de Chernihiv permanecem isolados em uma cidade a 100 quilômetros da fronteira russa, cercada desde os primeiros dias da invasão, iniciada em 24 de fevereiro. Antes da guerra, 700 mil pessoas moravam na cidade.

“Eles estão destruindo deliberadamente a infraestrutura civil, escolas, jardins de infância, igrejas, prédios residenciais e até mesmo o estádio de futebol local”, comentou Vladyslav Atroshenko, o prefeito de Chernihiv, a uma televisão ucraniana.


 

LEIA TAMBÉM: CIBERGUERRA: A SEGURANÇA DAS INFRAESTRUTURAS HÍDRICAS


 

Um dos últimos a sair, antes que as tropas russas destruíssem a única passarela e restassem apenas o acesso a suprimentos humanitários, foi Olha Moliboha, de 90 anos.

“Tantas crianças morreram, tantas mulheres”, disse ela após se refugiar na Polônia. “Todas as nossas casas estão destruídas. Não há onde morar. Mas vamos nos defender até o fim enquanto estivermos vivos”, acrescentou.

A resistência intensa forçou Vladimir Putin a repensar os seus planos para uma ocupação total da Ucrânia e cogitar dividi-la como “Coreia do Norte e Coreia do Sul”, com uma região controlada por Moscou e outra ficando sob influência do Ocidente, disseram chefes militares de Kiev.

Fonte: Extra


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: PRÁTICA DO REUSO DE ÁGUA TRARIA INCREMENTO DE QUASE R$ 6 BILHÕES À ECONOMIA BRASILEIRA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: TROCA NA PETROBRAS NÃO DEVE ALTERAR POLÍTICA DE PREÇOS DA ESTATAL, AVALIAM ESPECIALISTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
ALADYR pede ação imediata sobre mudança climática após desastre no Rio Grande do Sul

ALADYR pede ação imediata sobre mudança climática após desastre no Rio Grande do Sul

Diante do impacto das chuvas no Rio Grande do Sul, que afetaram centenas de milhares, a ALADYR pede aos governos e entidades privadas que acelerem a implementação de políticas de adaptação e mitigação do climática. A organização destaca a importância de atualizar a legislação, promover o reúso de água e adotar inovações como o modelo de “cidade esponja” para enfrentar efetivamente esses desafios iminentes

Continuar lendo »