Reator de Separação de Óleo/Água

RESUMO

O Separador de óleo por microbolhas, opera por batelada de até 1000Litros, aplicando sobre a massa 280g de Oxigênio/hora, com consumo de 1m3 de ar comprimido na pressão de 1 bar, por batelada.

FAÇA SUA COTAÇÃO AGORA

EMPRESA ASSOCIADA

Ambientech

DESCRIÇÃO COMPLETA

Sistema de separação de óleo/água

O sistema de separação de óleo/água por microbolhas de oxigênio, ocorre sem que haja a necessidade de ajuste da solução para pH ácido, e atende as exigências do órgão de Controle Ambiental CONAMA, bem como as normas ISO 14000.

O Separador de óleo por microbolhas, opera por batelada de até 1000Litros, aplicando sobre a massa 280g de Oxigênio/hora, com consumo de 1m3 de ar comprimido na pressão de 1 bar, por batelada.

Os óleos e Graxas, após separados, são colocados em bombonas para Venda, proporcionando o retorno do investimento.

Estudos e acompanhamento que fizeram parte da pesquisa e desenvolvimento deste sistema revelam uma eficiência de 99,8% do processo de separação do óleo dissolvido.

Sendo que, para cada tratamento por batelada de 1000 Litros de emulsão de Óleo/Água retira-se por flotação de 10 a 100 Litros de óleo para venda, obtendo uma inversão de custos para venda de retirada do óleo para terceiros, bem como uma significativa redução do passivo ambiental.

O Equipamento é composto por:

Reator de separação de óleo/água de formato cilíndrico vertical, com capacidade de 1000L, totalmente construído em Polipropileno de 8mm. Com olhais de fixação no piso.

Difusor de membrana, submerso e posicionado de forma adequada no reator, gera microbolhas de O2 e transfere de forma ascendente, provocando a separação e flotação dos óleos e graxas.

Bomba de Duplo Diafragma que fará as transferências do Efluente Bruto, Óleo separado, Efluente tratado e do lodo.

separador-agua-oleo separador-agua-oleo

Dados Técnicos:

Reator de Separação de Óleo/Água e Tratamento de Efluentes por Batelada

Através de Sistema de Microbolha de Oxigênio

  • Função: Separação de Óleo e   Tratamento do Efluente
  • Água Tratada: padrões CETESB / CONAMA
  • Lodo: Classe I ou II
  • Temperatura: Ambiente
  • Meio: Neutro
  • Controle Nível: Até nível inferior da calha
  • Vol. Operacional: 1.000 Litros
  • Aeração: Difusor de Microbolhas

separador-agua-oleo

PRODUTOS E SERVIÇOS DESTA EMPRESA

Banner-Produtos-Válvulas

Válvulas

As válvulas são utilizadas para controlar as transições entre os processos nos tanques de fibra de vidro. Disponíveis em modelos manuais ou automáticas para processos de abrandamento e desmineralização.

Leia Mais »
Banner-Produtos-Ultra-Filtração

Ultrafiltração (uf) – microfiltração (mf)

As Membranas de OR são responsáveis pela retenção de bactérias, compostos químicos e solutos, aumentando a qualidade da água tratada. Estão presentes em processos de dessalinização, alimentação de caldeiras, irrigação, produção de produtos químicos, processos hospitalares (hemodiálise).

Leia Mais »
Banner-Produtos-Osmose-Reversa

Osmose Reversa OR – Nanofiltração (nf)

As Membranas de OR são responsáveis pela retenção de bactérias, compostos químicos e solutos, aumentando a qualidade da água tratada. Estão presentes em processos de dessalinização, alimentação de caldeiras, irrigação, produção de produtos químicos, processos hospitalares (hemodiálise).

Leia Mais »
Banner-Produtos-Material-Filtrante

Material filtrante e Zeólitos

Os meios filtrantes são auxiliares no processo de remoção de poluentes na água (retenção de odor, sabor e cor). Os meios filtrantes como, carvão ativado granulado e carvão antracito podem ser aplicados em tanques de areia e tanques de fibra de vidro – PRFV.

Leia Mais »
Banner-Produtos-Membranas-de-OR

Membranas de OR

As Membranas de OR são responsáveis pela retenção de bactérias, compostos químicos e solutos, aumentando a qualidade da água tratada.

Leia Mais »

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ARTIGOS RELACIONADOS

Remoção de herbicida atrazina por meio de filtros de carvão ativado granular associados com microrganismos no tratamento de água para abastecimento

Este estudo nos permite inferir sobre a capacidade de biodegradação da atrazina por bactérias presentes nos filtros CAB, a capacidade de remover herbicidas por meio desse sistema de filtros e a possível utilização dessa tecnologia como alternativa para o controle e a remoção dessa substância no tratamento de água.

Leia Mais »