BIBLIOTECA

Modelagem hidráulica da rede de distribuição de água do distrito de Vazantes/CE utilizando o Software Epanet

Resumo

A rede de distribuição de água (RDA) é a parte final dos sistemas de abastecimento de água (SAAs), e o aumento da demanda acaba por exigir intervenções. Hoje, com a aplicação de softwares de simulação de redes, pode-se estudar soluções para problemas na rede de forma otimizada. Este trabalho teve como objetivo modelar e simular a rede de distribuição de água do distrito de Vazantes, localizado na cidade de Aracoiaba no estado do Ceará, considerando a demanda atual e futura. Para a realização do trabalho foi utilizado o software Epanet 2.0. Foram realizadas três simulações, sendo a primeira, S1, para verificar a solução adotada para resolução do problema de pressões elevadas na rede que vem ocasionado vazamentos; a S2, para verificar o comportamento da rede diante de demanda futura; e a S3, na qual se estudou a demanda em que são observados pontos não abastecidos, ou seja, a demanda de colapso da rede. A partir dos resultados das simulações, verificou-se que a solução proposta para eliminação das pressões elevadas foi eficiente e que a rede oferece condições para trabalhar com demanda futuras.

Introdução

O enorme benefício dos SAAs à saúde da população em todos os estratos sociais, ao proporcionar as mesmas oportunidades de higiene, conforto e bem-estar, mesmo às camadas mais desfavorecidas, tem um reflexo imediato na redução da demanda por serviços de saúde (TSUTIYA, 2006).

Para assegurar as condições adequadas de abastecimento de água ou de saneamento, uma abordagem de engenharia mostra-se essencial, pois as instalações devem ser planejadas, projetadas, implantadas, operadas e mantidas e, para tanto, é necessário que sejam aplicados conhecimentos e processos que convertam recursos naturais em formas adequadas ao atendimento das necessidades humanas (HELLER; PÁDUA, 2006). Segundo Tsutiya (2006), a deterioração dos sistemas de transporte e distribuição de água mais antigos, que não sofrem adequada manutenção e recuperação, resultam em elevada perda de carga, com importantes perdas de faturamento por parte da prestadora de serviço, devido aos vazamentos, bem como deixa o sistema de abastecimento vulnerável à contaminação da água através da perda de estanqueidade das tubulações e juntas danificadas. Coelho, Loureiro e Alegre (2006) afirmam que as redes de distribuição são tipicamente infraestruturas enterradas, em que uma reduzida parte dos componentes possibilita inspeção, o que dificulta a monitorização do sistema.

Nos últimos anos surgiram ferramentas computacionais que vêm sendo aplicadas, cada vez mais, para representarem os sistemas físicos e auxiliarem nas tomadas de decisão com o propósito de melhorar a eficiência da operação (GOMES, 2009). O objetivo do trabalho foi modelar e simular a rede de distribuição de água (RDA) do distrito de Vazantes, Aracoiaba/CE, considerando a demanda atual e futura.

Autores: Pedro Albuquerque Holanda; João Paulo Leite Félix; Francisco das Chagas Gomes da Silva Júnior; Jorge André Fernandes e Francisco de Assis Martins Ponce.