Concessionária pensou em estratégia para o período do “calorão” e estiagem e construiu nove poços desde o início do ano. Quatro deles são considerados super-poços, com até 660 metros de profundidade.
O desperdício de água pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e o furto de água, os famosos “gatos”, continuam elevados sete anos depois da crise hídrica que secou as torneiras em diversas regiões do estado.
Desde a última segunda-feira (20), concessionária responsável pela distribuição de água no município capta água da Represa Salto do Lobo para abastecer a cidade

Day: setembro 28, 2021

Concessionária pensou em estratégia para o período do “calorão” e estiagem e construiu nove poços desde o início do ano. Quatro deles são considerados super-poços, com até 660 metros de profundidade.
O desperdício de água pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e o furto de água, os famosos “gatos”, continuam elevados sete anos depois da crise hídrica que secou as torneiras em diversas regiões do estado.
Desde a última segunda-feira (20), concessionária responsável pela distribuição de água no município capta água da Represa Salto do Lobo para abastecer a cidade