BIBLIOTECA

Atividade da protease em solos com 18 anos de aplicações anuais de lodo de esgoto

Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho do reator anaeróbio UASB em forma de Y no tratamento de efluentes advindos de uma indústria de processamento de pescado. O trabalho foi realizado no laboratório de saneamento da UFMG. A unidade experimental foi constituída por um reator UASB em Y em escala de bancada, operando em dois ensaios variando o TDH (ensaio 1 – 96 h e ensaio 2 – 72 h). Os valores de temperatura média dos efluentes do reator UASB em Y não variaram numa faixa desfavorável à digestão anaeróbia. O pH no ensaio 1 e 2 permaneceram próximos à faixa da neutralidade. Os valores médios das eficiências de remoção de DQO total nos ensaios 1 e 2 foram de 75 e 78%, respectivamente. Já os valores médios de remoção global de DQO filtrada nos ensaios 1 e 2 foram de 45 e 59%, respectivamente. O reator UASB no ensaio 1 apresentou comportamento melhor em relação aos parâmetros AVT e a relação Alcalinidade intermediária/Alcalinidade parcial, comparado ao ensaio 2. Verificou-se que o reator UASB apresentou alta eficiência para o tratamento de efluentes de processamento de pescado e os TDHs operados neste trabalho não influenciaram significativamente na remoção de matéria orgânica.

Autores: Letícia Fernanda Lavezzo; Priscila Arrigucci Bernardes; Denise de Lima Dias Delarica; Riviane Maria Albuquerque Donha; Danilo Olandino de Souza; Wanderley José de Melo e Gabriel Maurício Peruca de Melo.

Leia o estudo completo: Atividade da protease em solos com 18 anos de aplicações anuais de lodo de esgoto