PL 4.162/2019, em debate no Senado, cria novas funções à Agência Nacional de Águas (ANA), que passa a regular setor e garantir prestação de serviços.
Isso acontece com a atuação dos microrganismos, que em contato com o efluente consomem o excesso de sólidos orgânicos, melhorando a eficiência.
O principal desafio para a gestão sustentável da água no Brasil está associado com a necessidade de ampliação da infraestrutura de saneamento básico.

Day: março 24, 2020

PL 4.162/2019, em debate no Senado, cria novas funções à Agência Nacional de Águas (ANA), que passa a regular setor e garantir prestação de serviços.
Isso acontece com a atuação dos microrganismos, que em contato com o efluente consomem o excesso de sólidos orgânicos, melhorando a eficiência.
O principal desafio para a gestão sustentável da água no Brasil está associado com a necessidade de ampliação da infraestrutura de saneamento básico.